A (des)liderança dos nossos dias

(Des)conversa de hoje com Paulo Cópio, Ana Borges e Nelson Ferreira Pires

Sem “papas na língua” foi o tom da (Des)conversa de hoje com Paulo Cópio, Ana Borges e Nelson Ferreira Pires. As perguntas foram lançadas, o público participou com muita pertinência e o nosso convidado respondeu. Começou por definir a sua “essência”: antes de ser gestor é pai e marido, para ele a família é o mais importante! Percebemos que liderar é fazer com que os outros façam o que queremos de forma voluntária (e consciente – algo que foi estando como pano de fundo na conversa). Considera que tem o dom da intuição e que isso é fundamentar para ser líder – “uma boa decisão tem que ser intuitiva…”

O humor e a liderança estão de mãos dadas e é o primeiro a “pregar partidas”! Enquanto líder a honestidade, justiça e adaptação constante às pessoas é fundamental (não são apenas as pessoas que se adaptam ao líder). É um apaixonado pelas pessoas: “ser líder é gostar das pessoas em seu redor”. Também falámos do que vai ser o futuro e disse-nos que a diferença está nos 3 P’s – Produto, Processos e Pessoas (tem de acrescentar-se valor às pessoas) . Falámos como o perdão pode estar na equação e a importância de perceber a intenção e a repetição do ato.

Mesmo ao cair do pano ficámos que esta frase do Nelson Ferreira Pires: A minha maior intenção no mundo é… “ser melhor pessoa todos os dias!”.

Deixe um comentário

Partilhe este artigo:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp

Big Experience

Queremos surpreender em cada ação. Focados no desenvolvimento das aprendizagens e vivências das pessoas ao nível individual, grupal e organizacional.

Acompanhe-nos no LinkedIn:

Artigos Recentes

Leitura Recomendada

Subscrever a nossa Newsletter

Ao subscrever está a aceitar a nossa politica de privacidade. Pode remover-se a qualquer altura.

Subscreva a nossa Newsletter
Ao subscrever, está aceitar a nossa política de privacidade. Pode remover-se em qualquer altura.