CONSULTORES

Perspectiva do Recrutamento e Seleção por Estudante Licenciatura em Sociologia

Perspectiva do Recrutamento e Seleção por Estudante Licenciatura em Sociologia

O meu nome é Catarina Santos, sou aluna de Sociologia no ISCTE-IUL e estou, neste momento, a estagiar na Big Experience.

Hoje em dia, cada vez mais são necessários colaboradores que enriqueçam as organizações, de modo a colocá-las ou mantê-las numa posição favorável no mercado económico.

O Recrutamento e Seleção é um dos processos integrantes de Gestão de Recursos Humanos. São duas etapas que, em conjunto, têm o objetivo de cativar o máximo de candidatos possível, que se adequem da melhor maneira e que tenham as competências necessárias para uma determinada função. (Vital, 2017)

O Recrutamento é a etapa de divulgar o cargo disponível e captar o maior número de pretendentes ao lugar. Este pode ser interno (integrado na organização), externo (fora da organização) ou misto (em ambas as dimensões) (Peretti, 2007 in Alvito, 2014).

Os métodos de recrutamento utilizados podem ser variados:

  • como o E-Recrutamento;
  • Anúncios;
  • Bases de dados;
  • Candidaturas espontâneas;
  • Agências de Emprego;
  • Associações Profissionais e Feiras de Emprego.

(Alvito, 2014)

 

O lugar a que os candidatos se habilitam a trabalhar tem de ser atrativo. Este é mais atraente dependendo, por exemplo, do salário, formações oferecidas, possibilidades de progressão na carreira, condições de trabalho e desafios propostos.

Este cargo tem, desde o início, um grande número de candidatos, todos eles com características bastante semelhantes. Existem, também, critérios de seleção para o cargo a ocupar. São todas as funções, metas e compromissos a que o colaborador, que ficar com o lugar, tem que desempenhar. (Vital, 2017)

As novas tecnologias de comunicação como sites organizacionais e de empregabilidade, redes sociais ou mesmo anúncios em jornais são muitos dos métodos utilizados para os recrutamentos. Estes facilitam e agilizam o tempo dispensado neste processo. Neste processo, existe sempre um consultor que acompanha todas as etapas de recrutamento, tendo a função de ser o mais objetivo possível com os parâmetros pretendidos. Isto tem influência na qualidade do trabalho organizacional que irá desenvolver.

A seleção é o processo que pretende nomear o candidato mais adequado para o cargo em disputa. Esta envolve várias fases até à deliberação final (Vital, 2017). Algumas técnicas de seleção são a Avaliações e Triagens Curriculares; Entrevista; Testes Psicométricos; Dinâmicas de Grupo; Recolha de Referências.

A Avaliação e Triagem Curricular têm início com uma análise de cartas de apresentação ou recomendação, currículos ou certificados dos vários candidatos, comparando-os com as exigências para o cargo em questão. Ocorre, desde logo, a exclusão de alguns candidatos.

A Entrevista é o método mais utilizado, pois possibilita a avaliação do candidato no momento. Esta pode ser presencial ou por telefone.

Os Testes Psicométricos são onde se detetam algumas capacidades e talentos dos candidatos.

As Dinâmicas de Grupo têm por objetivo a compreensão das interações e mobilidades de cada um dentro de um grupo.

A Recolha de Referências ocorre junto dos antigos patrões e servem para confirmar informações e capacidades do indivíduo. (Alvito, 2014)

Referências Bibliográficas:

https://www.repository.utl.pt/bitstream/10400.5/7722/1/DM-SFA-2014.pdf

https://run.unl.pt/bitstream/10362/16055/1/TGI0037.pdf

https://www.repository.utl.pt/bitstream/10400.5/13244/1/DM-FILV-2017.pdf